Filiado á:
 
     

Federação Interestadual dos
Trabalhadores nas Indústrias da Extração, Pesquisa e Prospecção
de Minérios e Metais Básicos, Metálicos e Não Metálicos - FITEM

 


Brumadinho

FITEM no Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes em Brumadinho


sem imagem

Neste dia 25/ABRIL a FITEM em conjunto com outras entidades na luta por condições dignas e seguras de trabalho nas minerações e em repúdio aos crimes da Vale, o Fórum Sindical e Popular de Saúde e Segurança do Trabalho de Minas Gerais, em conjunto com as Centrais Sindicais, Comissão de Trabalho, Previdência e Assistência Social da ALMG, Movimento Populares, Famílias das Vítimas e Atingidos, entre outras organizações, participaram, no Espaço Casa Nova, em Brumadinho, das atividades do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho e da Solenidade em Memória das Vítimas de Acidentes do Trabalho Ampliado da Vale

O rompimento, em 25/01/2019, da barragem do Córrego do Feijão, da Vale, é um acidente de trabalho ampliado e é, também, considerado o maior acidente de trabalho já ocorrido no Brasil.

O crime da Vale resultou na morte de 277 pessoas, entre trabalhadores e trabalhadoras diretos e indiretos e membros da comunidade. 49 corpos continuam desaparecidos. Famílias foram vitimadas, postos de trabalho foram destruídos e propriedades rurais foram arruinadas.

O crime da Vale atingiu a todos os moradores da bacia do Rio Paraopeba, provocando enorme sofrimento psicossocial e adoecimento de trabalhadores, trabalhadoras e da população da região. 

O descaso do setor mineral com as legislações de saúde e segurança do trabalho e segurança de barragens faz da mineração a atividade econômica que mais mata no Brasil. Esta atividade tem causado, também, medo e o exílio de milhares de pessoas de várias cidades mineiras devido ao terrorismo das barragens imposto pela Vale e outras mineradoras.

 

fitem fitem fitem

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial